Exportação ao Oriente Médio cresce 34%
Voltar
Exportação ao Oriente Médio cresce 34%

Exportação ao Oriente Médio cresce 34%

Publicado em 06/06/2011


 

 

 

As vendas do Brasil para a região ficaram em US$ 1,02 bilhão em maio, com alta de 34% sobre o mesmo mês de 2010. Também para a África elas avançaram 9% e foram para US$ 809 milhões.As vendas do Brasil para a região ficaram em US$ 1,02 bilhão em maio, com alta de 34% sobre o mesmo mês de 2010. Também para a África elas avançaram 9% e foram para US$ 809 milhões.

 

São Paulo – As exportações do Brasil ao Oriente Médio avançaram 33,6% em maio sobre o mesmo mês do ano passado. Também para a África, outra região onde ficam países árabes, as vendas externas do Brasil cresceram no período. Mas o percentual foi menor: 9%. A receita com vendas ao Oriente Médio foi de US$ 1,02 bilhão em maio contra US$ 767 milhões no mesmo mês de 2010. Para a África ficou em US$ 809 milhões no último mês e US$ 740 milhões em maio do ano anterior, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. As exportações em geral tiveram recorde no mês de maio. A receita das vendas ficou em US$ 23,2 bilhões, com crescimento de 31% sobre o mesmo mês de 2010, quando elas estavam em US$ 17,7 bilhões. Os produtos básicos somaram US$ 12,1 bilhões no total das exportações, os semimanufaturados US$ 2,9 bilhões e os manufaturados US$ 7,6 bilhões.

No grupo dos manufaturados foram destaque as vendas de óxidos e hidróxidos de alumínio, máquinas e aparelhos para terraplanagem, veículos de carga motores para veículos e partes, polímeros plásticos e pneumáticos, entre outros. Entre os semimanufaturados os maiores aumentos foram em ferro e aço, óeo de soja em bruto, couros e peles, além de ferro fundido. Já na área de básicos, influenciaram no desempenho positivo principalmente minério de ferro, trigo, café, petróleo, farelo, carne de frango, soja em grão e carne suína. Também no acumulado do ano de janeiro a maio, houve crescimento nas exportações. Elas saíram de US$ 72 bilhões nos cinco primeiros meses do ano passado para US$ 94,6 bilhões nos mesmos meses deste ano, com crescimento de 31,2%. As vendas de produtos básicos ficaram em US$ 45 bilhões, as de semimanufaturados em US$ 12,8 bilhões e as de manufaturados em US$ 43,39 bilhões.  Os principais países de destinos foram, por ordem, China, Estados Unidos, Argentina, Países Baixos e Alemanha. Também houve aumento nas vendas para o Oriente Médio, de 28%, para US$ 4,2 bilhões, e para a África, de 39% para US$ 3,05 bilhões.

 

Fonte: http://www.anba.com.br Foto : Ilustrativa

 

Compartilhar

Veja também

Greve dos auditores da Receita Federal não pode interromper importações

Publicado em 17/05/2018


Os auditores-fiscais da Receita Federal do Brasil continuam em greve. Ao que tudo indica serão seguidos pelos analistas. Sem entrar no...

Ver mais detalhes

Exportação cai, mas o superávit continua elevado

Publicado em 11/05/2018


Superávit da balança comercial foi de US$ 65,7 O superávit da balança comercial (diferença entre...

Ver mais detalhes
2011 CZL Network, © and ™ CZL Networks. All Rights Reserved.
QualityPress Newsletter

Todos os campos são obrigatóirios.